BOP!

Victor E. Folquening escreve, você lê e diz alguma coisa

Minha foto
Nome:
Local: Curitiba, Paraná, Brazil

Grupo de gestores para soluções estratégicas nas Faculdades Integradas do Brasil

sexta-feira, abril 20, 2007

LONGO E TENEBROSO VERÃO!


Não houve nada de tenebroso no verão, mas, como vocês sabem, a arte do trocadilho modifica a mensagem em favor do efeito.

Quero dizer, no entanto, que sinto muito pela longa ausência e prometo, agora, voltar à velha regularidade.

Meu clichê favorito é: "desculpa, não respondi porque estou mergulhado no trabalho".

Mantenho.

Pelo menos ele rende notícias interessantes.

Veja essa: o Grutun! - o Grupo de Teatro Unibrasil - que eu briguei tanto para montar, se consolidou exatamente do jeito que eu imaginava. Ainda temos um caminho longo, mas os resultados estão deixando os participantes arreganhados (sem piadas sobre os bastidores do teatro, por favor).

Trouxe o Alex Wolf, diretor, cantor lírico e preparador vocal, para conduzir meu rebanho até "O Santo e a Porca", do Ariano Suassuna. Por que essa temática nordestina, Victor? Porque, entre outras coisas, teremos a oportunidade de mostrar o trabalho para o próprio autor, no Bloomsday. É, o Suassuna faz aniversário no dia dedicado ao personagem mais célebre de James Joyce e passará o festejo em Curitiba.

Uma de minhas alunas e destacada participante do Grutun!, a Sheila Gorsky, confessou num suspiro: "Me sinto como se estivesse começando a ir para escola agora, pela primeira vez". O mais surpreendente é que ela acha isso positivo!

Montamos uma Cesta Cultural que também deu ótimos resultados até agora. Muitos de meus alunos leram e releram "Dois Irmãos", de Milton Hatoum e o primeiro período inteiro virou especialista em "Hiroshima", de John Hersey.

A última tacada de felicidade foi a seleção final para o projeto Paisagens de Ouvir. Mais de 120 estudantes da Escola de Comunicação se inscreveram para disputar as dez vagas disponíveis. Minha idéia foi criar audiobooks de literatura brasileira contemporânea e grandes reportagens para consumo de deficientes visuais. A segunda e última fase da seleção foi quinta-feira, no estúdio de rádio da Unibrasil.

A foto aí encima mostra a equipe selecionadora. Eu, de amarelo, só olhei nessa etapa. Assim como minha coordenadora adjunta, a Ana Mira - essa única que é mulher. O Alex Wolf é o indivíduo no primeiro plano, com um pedaço do panda da WWF no peito. O rapaz de cinza é Tiago Ortega, coordenador do setor de leitura para cegos da Biblioteca Pública do Paraná. O Fernando, lá no fundo, de boné, é ator. O Henrique, camarada de verde, é o técnico do laboratório. Além deles, recebemos a visita do Paulo Lago, diretor da editora Nossa Cultura, especialista em audiobooks. O Paulo soube do projeto pela matéria que saiu domingo passado na Gazeta do Povo.
A mulher de véu, do lado direito do Alex, não estava na sala quando a foto foi feita.

O nome dos selecionados, que passarão por oficinas de preparo vocal e leitura (com o Alex e Tiago), áudio (com o professor, cantor e compositor Lydio Roberto) e sessões de fonoaudiologia, está na nossa página do curso: http://jornal.unibrasil.com.br/

****
A foto aí no topo da página é, sim, da talentosa Cristiane Dias. Sou um monstro - a autoria havia escapado. Peço desculpas, muitas vezes, até porque espero contar com a valiosa contribuição em inúmeras outras ocasiões.

11 Comments:

Anonymous Camila said...

Eu gosto do nome: Grutun!

21/4/07 23:06  
Anonymous Victor said...

Eu sou suspeito para falar, mas também gosto muito - principalmente por causa do ponto de exclamação!

22/4/07 01:39  
Anonymous felipe.harmata said...

Muito bacana esse projeto. Quero ouvir quando estiver pronto!
Abraços

23/4/07 09:55  
Anonymous Priscilla said...

Está um charme nessa foto, professor!

25/4/07 19:42  
Anonymous Anônimo said...

A Sheila??? Aquela loirinha que costuma correr atrás dos quero-queros pela faculdade com um pirulito na boca? Grande!

26/4/07 17:00  
Anonymous Sheila said...

Mas eu ODEIO pirulito! Sério mesmo. Não corro atrás dos quero-queros eu tenho medo deles. E grande? Eu tenho só 1,67! E é Sheila Gorski, com "I" não com "y". Mas enfim. Realmente o Gutun! me empolga porque eu sentia falta de fazer teatro. E com relação ao primeiro dia de aula eu disse isso porque eu vou para aula serelepe como criança.

29/4/07 11:29  
Anonymous Victor said...

Felipe, tudo bem? Quando o projeto começar a ser gravado, quer assistir?
Priscilla, charme é sua delicadeza. Minha vantagem é que a foto está um tanto desfocada.
Sheila, juro que seria impressionante vê-la correr atrás dos quero-quero. Se não aconteceu, por favor, providencie...

1/5/07 11:05  
Anonymous Anônimo said...

A a mulher do véu do lado direito do Alex, não seria uma candidata furiosa que por sinal bateu a foto e não ganhou os créditos??

7/5/07 11:08  
Anonymous Priscilla said...

Uhhh, tem uma mulher de véu ao lado do Aléx? Cadê?

11/5/07 22:56  
Anonymous Cristiane Dias said...

VICTOOOORRRRR,
Não achei os créditos da foto!!!!
Vc está perdendo a credibilidade.

15/5/07 12:38  
Anonymous Anônimo said...

Sua matéia soa como uma declamação d um poema.
Que bom que se sentiu acolhido em nossa cidade, essa era a intenção.
Uma das partes que mais gostei é "esqueçam os jacares, e as onças pela coleira"é triste saber que muito ainda possuem essa idéia irreal do nosso belo Mato Grosso.
Parabésn! e Obrigada.
Ci!

10/7/07 01:19  

Postar um comentário

<< Home